13/11/2017 às 15:31
O mundo ficou pequeno

Jauri Gomes de Oliveira – Deputado Emérito

Analisando os acontecimentos atuais, lembrei-me de minha infância. Naquele tempo, costumava ouvir muito os meus avós maternos, pois morei com eles durante parte da minha fase inicial de vida, dos 2 aos 13 anos. Meu avô materno se chamava Bernardino Gomes da Silva, e contava que Maria, sua irmã mais velha, depois de se casar, fora morar com o marido, no Estado de Mato Grosso. Depois disso, nunca mais soubera dela. E o detalhe: ambos eram analfabetos.
Passados todos esses anos (mais de 80), fico a refletir e imagino a causa de não terem se comunicado. Ela, principalmente, que sabia o endereço de meu avô, conhecia seu local de origem, por que não o teria procurado? Que razões a teriam impedido de, por exemplo, procurar uma pessoa para escrever uma carta ou telegrama que era o meio de comunicação mais rápido da época? Nesse caso, poderia enviar o endereço dela para que seu irmão, meu avô, fizesse o mesmo e a procurasse.
Por outro lado, o pai de minha avó, José Maria Rios, viera do Paraguai, trazido por um oficial brasileiro, que o deixou em São Nicolau, localidade em que se criou e deu origem a uma vasta dinastia. Não sei, porém, com quem se criou e nem como lhe foi possível sobreviver. Penso que são as obras do acaso... ou de uma alma caridosa que se fez presente para dar-lhe o necessário amparo até que se tornasse responsável por seus atos. Parece que, nesse caso, também nunca mais houve comunicação com seus parentes paraguaios. Penso que em muitos outros casos a vida pregava esse tipo de peças e se encarregava de reunir ou separar parentes...
Hoje, no entanto, é possível, numa fração de minuto, comunicar-se por telefone ou pelas redes sociais com qualquer ponto deste vasto planeta e até enxergar a pessoa com quem se fala, coisa inimaginável há 20 ou 30 anos. Hoje é possível ligar o rádio ou a TV e saber o que acontece em tempo real ou ocorreu há poucos minutos em qualquer parte deste grande (ou pequeno?) mundo. É possível, por exemplo, acompanhar ao vivo os debates do legislativo ou dos tribunais. Na área da saúde, os procedimentos e tratamentos salvam a vida de tantas pessoas, em situações nunca dantes imaginadas com transplantes e intervenções incrivelmente sofisticadas. Assim, as fronteiras se alargaram parece que encurtaram.
O mundo mudou muito e acredito que mudará ainda mais com o avanço da tecnologia, com o progresso da inteligência artificial e com a socialização do conhecimento. Oxalá a mente dos governantes atrasados não trave o progresso da ciência, do conhecimento e do nível de consciência das pessoas inteligentes e criativas. Penso que o mundo mudou muito e que mudará ainda mais e em breve chegaremos à comunicação por meio de telepatia. Será que não? É, o mundo ficou mesmo pequeno.
 

Comentários

Nenhum Comentário. Deixe o seu comentário!

Mais posts de Jauri Gomes de Oliveira