24/04/2018 às 10:36
Fatos inéditos e situações curiosas

Jauri Gomes de Oliveira – Deputado Emérito

Com a idade que tenho, ainda não havia visto o que acontece hoje no Brasil e no mundo. No Brasil, refiro-me especialmente à área política, pois hoje, há um ex-presidente, julgado, condenado e cumprindo pena na prisão. Vemos um ex-governador – Paulo Maluf – também julgado e condenado. Este cumpre pena em prisão domiciliar se não estou enganado, graças aos exercícios habilidosos de sua defesa. Também estão condenados e presos, alguns ex-ministros de governos recentes, assim como ex-deputados e ex-senadores.
Mais recentemente, o senador Aécio Neves, candidato a presidente da República na última eleição, quando conquistou mais de 50 milhões de votos, também se tornou réu.
Cenas parecidas com essas também ocorreram nas ditaduras do Estado Novo e na de 1964, sob a batuta dos militares, embora naquela época, os julgamentos não tivessem a mesma transparência que os de hoje recebem.
Por outro lado, no mundo se veem fatos curiosos e a imprensa capitalista, por exemplo, critica a eleição parlamentar do presidente cubano por um colégio eleitoral constituído por 600 membros do partido único e/ou sem partido, mas é preciso não esquecer de que, nos Estados Unidos, foi eleito pelo Congresso americano, um presidente que perdeu no voto direto para sua opositora também capitalista, e que está enrolado até hoje em denúncias de espionagem. Na verdade, esses dois candidatos são representantes de dois partidos com nomes diferentes, mas conteúdos semelhantes.
Nesses dois casos que citei, é interessante observar o ponto de vista da imprensa, de um lado e de outro. Cada grupo publica o que e como convém aos interesses econômicos. São realmente situações curiosas e inéditas. Sinal dos tempos?

 

Comentários

Nenhum Comentário. Deixe o seu comentário!

Mais posts de Jauri Gomes de Oliveira