07/05/2015 às 14:48
A Maternidade e o Encontro com a Própria Sombra

“O mundo seria outro se as salas de parto fossem menos silenciosas; se, no início da relação entre os seres humanos, houvesse espaço para as emoções; se a desumanização não abrangesse as áreas da boa vinda ao mundo”.

O trecho acima é apenas um recorte das inúmeras e interessantes reflexões suscitadas no livro A Maternidade e o Encontro com a Própria Sombra, da argentina Laura Gutman.

Com a proximidade dos Dias das Mães, penso ser oportuno falar e/ou até sugerir a leitura de uma obra que nos leva a refletir e reformular conceitos e crenças acerca da educação dos filhos.

Psicoterapeuta de orientação junguiana, a autora formou-se com a renomada psicanalista Françoise Dolto, em Paris, onde se graduou em Psicologia Clínica e especializou-se em temáticas referentes às relações familiares.

De volta à Argentina, em 1990, fundou a "Crianza en Buenos Aires", uma instituição onde funciona uma escola de capacitação para profissionais da saúde e educação, doulas em domicílio para mulheres puérperas, terapias individuais e de casal e publicações sobre temas relacionados à maternidade e à infância.

O livro, escrito para mulheres, mas não direcionado somente a elas, pretende abordar a experiência vital da maternidade como vibração energética mais do que como pensamento linear. Longe de ser um guia no estilo auto-ajuda, é uma espécie de alerta para que possamos pensar como mães que estão criando seus filhos, com nossas luzes e sombras emergindo e explodindo em nossos vulcões em chamas.

Enfim, é uma obra reveladora, até dura em alguns pontos, mas muito verdadeira e esclarecedora sobre as experiências da maternidade, desde o parto até os primeiros anos de vida da criança. E deveria ser leitura obrigatória para aqueles que defendem o resgate do relacionamento entre mães e filhos, e uma criação à base de muito colo, peito e amor.
 

Carioca, radicada em São Luiz Gonzaga; professora e revisora de textos; pós-graduada pela UERJ, com Especialização em Língua Portuguesa; bacharela e licenciada em LETRAS (Português/Literaturas), formada pela UFRJ. 

Comentários

Mais posts de Luciana Crespo Dutra