31/07/2017 às 16:12
TESOUROS

 A vida traduz uma busca sem fim.

‘Há pessoas que nos impressionam pela perseverança, pela alegria serena e permanente, pela capacidade de suportar a dor, pelo entusiasmo com que realizam suas tarefas, pelos sonhos que não abandonam’ (Léo Zeno Konzen).
Qual o segredo?
Filhos são espelhos dos familiares. Espelho brilhante dá imagem esplendorosa. Espelho sujo, de má qualidade, embaçado, mal cuidado, gera imagens defeituosas, não nítidas, deformadas.
Passar a vida à procura de erros pontuaria desgaste inútil. Quem sabe executar o contrário? Fixar meta nos acertos próprios ou analisar os bens sucedidos.
Quando se cita sucesso, não se apoiar na aquisição de bens materiais, exclusivamente, financeiro. Esse vem por tabela. Tabela limpa, não forjada ou, comprada.
Escolher exemplos, neste século, está se tornando um pouco temeroso.
A arca do tesouro pode estar inclusa nos nossos esconderijos. ‘Mente sã em corpo sadio’. Velha máxima!
Trabalhar com nossas qualidades, habilidades antagoniza com nossas fraquezas, deixando-as cada vez mais fragilizadas. A espiritualidade cresce e a vida sorri. Problemas? Xô!
A cidade necessita, urgentemente, de seguridade, educação e saúde. Na ponta da língua estão os críticos negativos, mas não levantam uma palha para fazer algo em prol dela. Insistir na melhoria, principalmente, de nossos gestores. Na sua perseverança. Cidade cuidada inspira alegria, bem estar, menos doença, entusiasmo. A dor das perdas fica mais leve, imperceptível aos olhos dos outros.
Sonhar também faz parte da vida. Quem continua sonhando melhora memória, ‘espraia’ exemplo de tenacidade, caráter ordeiro, felicidade.
Abra sua caixa de tesouros e... VIVA.
Pare de se lamentar!

Médica

Comentários

Nenhum Comentário. Deixe o seu comentário!

Mais posts de Norma Benvenuti