14/11/2017 às 09:44
CAVALO ENCILHADO

... Tem que montar!
Oportunidades surgem. Estar preparado para aproveitá-las, faz a diferença.
Pessoas com a mesma formação acadêmica, umas alavancam para o sucesso, outras, porém, permanecem no mesmo lugar. Não saem do chão.
Pensar grande pode, até, ser a meta. Contudo, para atingi-la, obedece a degraus, propondo sensatez. Ver, ou antever, suas possibilidades, enfrentá-las e seguir adiante, no próximo passo. Mirar o topo, percorrendo caminhos fáceis, ou escusos, o tombo pode ser cravado de fraturas. Consertos deixam cicatrizes e limitações.
Num tempo em que se fala de previdência, urge pensar em previsões com os próprios atos, pensamentos, tomadas de decisões. A lâmpada que norteia a escuridão pode ser extinta. Queda de energia, movimentos da natureza, material desgastado podem brecar o próximo passo. E o cavalo vai adiante...
Empregos existem. Falta preparo. Investir no próprio crescimento não simboliza parada no tempo. Na área técnica, muitos cavalos encilhados passam por todos. Falta competência, decisão, disposição de iniciar na base da escada. Mãezinhas não podem ficar ainda atreladas ao cordão umbilical. Deixem seus filhosbuscar o peixe e... Montar no cavalo.
Ao comentar sobre previdência, vêm à tona os planos de saúde. Os próprios usuários a naufragam. ‘Exames que tenho direito’. E... São exigentes. Ao procurar doença vai acabar encontrando. Ninguém é perfeito. Patologias próprias da idade, fatalmente, ocorrerão. Não é realizando exames que elas desaparecerão. Pare de pensar em artrose. Elas vêm de brinde. E o plano de saúde vai afundando. Muitos profissionais estão se afastando deles.
Em vez de perambular em via-sacra por consultórios de diferentes especialidades, alimente-se bem, exercite-se, sorria, espiritualize-se, ajude o próximo mais próximo, trabalhe. Ame-se.
E, quando, o cavalo passar, monte! Bem, de repente, faça aulas de equitação.

 

 

Médica

Comentários

Nenhum Comentário. Deixe o seu comentário!

Mais posts de Norma Benvenuti