15/05/2018 às 11:11
DESGOVERNO

Reparar neurônios, após, adormecidos, tarefa difícil.
Uma dica prestimosa seria não deixá-los, voluntariamente, ficarem doentes.
Coisas simples podem ser executadas.
Dormir oito horas diárias. Todos sabem. Poucos fazem.
Uma fábrica de transmissores neuronais que trabalha, incessantemente diariamente, precisa lubrificar seus ‘motores’. Limpá-los. Colocá-los em ordem. Observar quais setores merecem mais cuidados.
Crianças têm que ter suas horas de sono. O contrário, ficam inquietas, choramingas, pois falta suas horas de recompor seu motor. E, quando acordam são sorridentes, ativas, a mil/hora. O cérebro, os músculos descansaram.
Adolescentes trocam horários de sono. Muitos em sala de aula, adormecem. Ou então, as dicas de hieróglifos do professor ficam não decifradas. ‘Não entra na cabeça!’. A voz fica distante. E o celular não faz prova. Ele ajuda quem não tem coragem de namorar ‘ao vivo’. E fica aquela lengalenga no teclado. Foge do mundo. Depois ainda querem passar em vestibular, concurso ‘de prima’ (primeira vez). Exceções existem, mas são em menor número. Dormir à noite, renova neurônios. Deixar de lado tanto besteirol e cabeça focada na física, matemática, biologia, química, conhecimentos gerais...
Celulares se adaptam a comunicações urgentes ou não, clareiam dúvidas. Têm horários que podem ser consultados sem atrapalhar bom andamento de aulas.
Adultos já estão fora de controle para locais de uso de celular. Na rua, se oferecem a ladrões, quedas. A visão já pode estar deficiente e os dedos nem tão rápidos. Nem se importam em roda de amigos, de ficar manuseando celular.
Para os senis, o celular desafia para um novo aprendizado. Bem, os números e letras têm que ser grandes! Mas, é um amigo em muitas horas do dia...
É um desgoverno total. Tire o prefixo ‘des’ e se governe.
 

Médica

Comentários

Nenhum Comentário. Deixe o seu comentário!

Mais posts de Norma Benvenuti