08/03/2019 às 16:56
NÃO PRECISAVA

 Precisava sim!

            Um telefonema. Mensagem. Cartão. Flores. Pequeno mimo. Cumprimento. Um abraço. Chegar à casa. Um presente.
            São pequenos atos que selam uma amizade.
            Quantas pessoas são olvidadas ao longo da vida! Colegas. Amigas de infância. Da agitada adolescência. Da faculdade. Ginástica.
            Quantos familiares, com bom relacionamento, são deixados de lado por conta do agito de emprego, criação de filhos, cursos...
            Um pequenino gesto na data natalícia renova esperança, amizade, faz da pessoa que recebe, mais de braço com a vida.
            Precisava sim! Estender a mão da paz, do carinho, renovação de antigos contatos.
            Quantas pessoas são deixadas de lado pelo egoísmo, pelo ter, ter e ter. Quem sabe o SER deixa mais leve esta vida tumultuada dos dias hodiernos, onde o consumismo gera robôs, sem alma, apenas amontoados de metais, ou apenas carne e osso (alguns mais carnes do que osso!).
            Datas comemorativas individuais, não apelos a datas meramente comerciais, devem ser celebradas. Nascimento, bodas, 15 anos, maioridade, formatura, ingresso em trabalhos formais.
            Apesar de todo este calendário, a mais importante, figura a data que você veio ao mundo. Vida!
            Uma oração ao dia que amigos deixam este tipo de vida.
            Quando você recebe um mimo agradeça. Olhe-o e ‘este mimo foi a ‘fulana’, grande amiga que me trouxe’. A figura sorridente do presenteador vem à sua mente. Nada de hipocrisia ao afirmar ‘não precisava se incomodar’.
            Faça uma pequena agenda das suas datas e daquelas pessoas que de uma forma ou de outra ingressaram no seu coração.
 
 
 
            ‘As verdadeiras amizades são como estrelas. Não as vemos todas as horas, mas sabemos que elas existem’. Leandro Fagundes.
            Acrescente-se: ou voltaram a brilhar lá de cima... Precisa, sim, dar e receber.
 
 

Médica

Comentários

Nenhum Comentário. Deixe o seu comentário!

Mais posts de Norma Benvenuti