22/12/2017 às 19:36
Empenhada verba de R$ 1 milhão para iniciar construção da sede própria da UERGS
Empenhada verba de R$ 1 milhão para iniciar construção da sede própria da UERGS
Momento da visita de Arisa Araújo da Luz, Eugênio Portela e Sebastião Braz - Crédito da foto: Vânia Cavalheiro/AN

A UERGS encerra o ano letivo de 2017 com 5.102 alunos, distribuídos em 24 Unidades instaladas em cidades polos do Estado. Para 2018, com a transferência da Unidade de Novo Hamburgo, a Universidade Estadual passará a ter 23 instalações. É, entre todas as universidades existentes no Rio Grande do Sul, a que está presente em todas as regiões, oportunizando ensino superior gratuito, de forma a proporcionar formação universitária para pessoas que não têm recursos financeiros para cobrir os custos do ensino privado. A UERGS democratiza o acesso às oportunidades. Em 2018 não está prevista a criação de novos cursos, existem indicativos que estarão em exame nas esferas de decisão da UERGS, outras oportunidades de formação profissional de nível superior.
EMPENHADO R$ 1 MILHÃO PARA CONSTRUÇÃO DA SEDE PRÓPRIA - Em São Luiz Gonzaga, graças a ações da comunidade e do Poder Público Municipal, foi possível escriturar terreno do Município, situado ao lado do Parque de Exposições do Sindicato Rural, para ali ser construída a sede definitiva da UERGS. E, esta semana, foi empenhado R$ 1 milhão no orçamento da União deste ano, graças a emendas parlamentares de R$ 500 mil cada uma, de autoria do deputado federal, Afonso Motta e do senador, Lasier Martins.
VISITA - A reitora Arisa Araújo da Luz, em visita ao jornal, ontem de manhã, acompanhada do prof. Eugenio Portela e do chefe da Unidade, Sebastião Braz, manifestou grande entusiasmo pelo resultado das gestões que se desenvolvem em favor da Unidade da UERGS nesta cidade. Para Arisa, o início da construção da sede própria é um marco de grande significado na fixação da Universidade Estadual na Região Missioneira, destacando o esforço do secretário do Planejamento do Município, Révis Moura, para a formalização do empenho do recurso federal, e citou o desprendimento de Lasier Martins e Afonso Motta, que com as emendas parlamentares, no valor de R$ 1 milhão, viabilizaram o início das obras no prédio sede, no próximo ano.
CURSO DE AGRONOMIA – O prof. Eugênio Portela, que também é agrônomo, recebeu a missão de ser o diretor da Faculdade de Agronomia na Unidade da UERGS em São Luiz Gonzaga. Fazendo uma avaliação do primeiro ano do curso, disse que os resultados alcançados confirmam que esse curso foi instalado no lugar certo. Informou que não faltaram professores durante o ano letivo e mais um já está confirmado para 2018.
A FORÇA DA UERGS – Arisa Araújo da Luz elogiou os quadros da UERGS – professores, funcionários e alunos – pela dedicação de todos na construção de uma Universidade Pública de qualidade e gratuita.  

Comentários

Nenhum Comentário. Deixe o seu comentário!

Mais notícias em Educação