13/06/2017 às 15:37
Empresa local instala equipamentos para gerar energia elétrica em casa e na empresa
Empresa local instala equipamentos para gerar energia elétrica em casa e na empresa
A energia solar é captada através de painéis foto-voltaicos

A tecnologia está revolucionando o cotidiano das pessoas, em todas as áreas do conhecimento. Todo dia, somos surpreendidos por novidades oferecidas pelo mundo da pesquisa e das ciências. Cientistas manejam ferramentas novíssimas, são capazes de tudo, até mesmo de buscar energia elétrica na natureza. Do sol, por exemplo.
Esse é o caso dos painéis solares, cujo nome correto é painéis foto-voltaicos, que produzem energia elétrica. O desenvolvimento dessa fonte de eletricidade permitiu seu enquadramento como nova base de energia limpa e permitisse que empresas e famílias estejam produzindo sua própria energia.
São Luiz Gonzaga é a sede de uma empresa que comercializa e instala painéis foto-voltaicos. É a Alga Energia Solar, formada por três engenheiros eletricistas, Breno Barrera, Tiago Podgoriski e Guilherme Copetti, que no dia 7 deste mês, completou um ano de atividades, instalada na esquina da Família Barrera, da qual o Breno é descendente. Ele é filho do José (Zé) Barrera, neto de Ly Terra Barrera e bisneto de Prisco Barrera, conhecido pela sua inteligência privilegiada e fantástica capacidade criativa de aparelhos e facilitadores que permitiram utilizar energias e recursos naturais que não eram utilizados porque não eram conhecidas na área científica, as ligações com essas bases tecnológicas. Prisco Barrera conseguiu muitas delas, e era visto pela comunidade como o dono de uma mente privilegiada. A família guarda, como relíquia, uma máquina de trem, feita em miniatura, com todos os detalhes de uma em tamanho natural. Uma lembrança que ficou para os frequentadores do salão de snoocker do Clube Harmonia, eram as partidas que jogavam dois exímios nos tacos: Prisco Barrera e Miro Bastos, vizinhos e amigos. Todos deixavam as outras mesas e ficavam em roda da dupla, para ver suas jogadas geniais.
Breno Barrera certamente herdou a capacidade criativa do bisavô e foi na área da geração de energia elétrica que encontrou espaço para estabelecer-se com negócio próprio, juntamente com dois colegas. Discreto e cuidadoso com despesas, a empresa não tem grandes instalações, mas tem endereço, Av. Senador Pinheiro Machado, 2128, e-mail alga@algaenergiasolar.com.br e celular 55 99681-9773.
Em visita ao jornal, esta semana, onde encomendou volantes que estão encartados nesta edição, disse que a empresa já instalou sistemas de captação de energia solar através de placas foto-voltaicas em São Luiz Gonzaga, Uruguaiana, São Borja, Cerro Largo, Guarani das Missões, Vitória das Missões, Santo Ângelo, Santiago, Ivorá, Nova Palma e em Piraí do Sul, no Paraná. Em São Luiz Gonzaga, os painéis foto-voltaicos estão instalados na empresa Flach Werle, Escritório de Advogados Associados A. Brum, residência de Mauro Brum, José Barrera e Marco Kieling.
Há um ano, quando a Alga Energia Solar iniciou atividades, foi encartado o primeiro folheto em A NOTÍCIA. Rendeu um negócio. Um ano depois, novo folheto para conquistar um novo cliente ou mais. Tudo depende, disse, da disseminação desse projeto na imprensa nacional e internacional. Aos poucos, empresas e famílias vão assimilando essa ideia.
COMO FUNCIONA – Breno Barrera explicou que toda a geração de energia do sistema instalado na casa ou na empresa, é transferida à distribuidora de eletricidade de sua região. Ao final do mês, a companhia mede a energia transferida e abate do consumo da família ou da empresa com gerador próprio. Se a geração transferida for maior que o consumo, fica um crédito para o mês seguinte. Se foi menor, o cliente paga apenas a diferença.
PLANOS PARA INSTALAÇÃO – No folheto encartado nesta edição, a Alga Energia Solar lança dois planos de investimentos para instalação de painéis foto-voltaicos para geração de sua própria energia. O investimento é financiado em até 24 prestações pelo Banco Santander. Os equipamentos são adquiridos de uma empresa estabelecida em Chapecó-SC, que importa todo o sistema de um fornecedor externo, mas já existem fábricas nacionais, informou Breno, em função da grande expansão dessa alternativa de geração da própria energia. São duas promoções oferecidas, uma com sete painéis de 270 watts e outra com 10 painéis de 320 watts. O tamanho deve levar em conta o consumo de energia na casa ou na empresa. Todos os detalhes estão no folheto. Os preços dos equipamentos, informou Breno Barrera, caíram em torno de 50% nos últimos três anos, em função da mudança de escala na produção industrial. Os três sócios moram em suas cidades, todas na região, mas se reúnem a todo momento para tocar o negócio, que deverá fazer de São Luiz Gonzaga uma cidade líder nesse ramo de geração de energia elétrica.
 

Comentários

Nenhum Comentário. Deixe o seu comentário!

Mais notícias em Geral