08/08/2017 às 17:30
Comissão de moradores busca mais uma câmera de videomonitoramento para o Bairro Jauri
Comissão de moradores busca mais uma câmera de videomonitoramento para o Bairro Jauri
Comissão reuniu-se com o comando do 14º BPM

 Na última semana, uma comissão formada por moradores do Bairro Jauri, juntamente com o coordenador do projeto Cidade Limpa, Marcelo Gamarra, e o vereador José Antônio (Piti) Flach Werle, reuniram-se com o major Frank Ernani Schweinitz e o capitão Eduardo dos Santos Brum com o objetivo de solicitar apoio à implantação de mais uma câmera de videomonitoramento no bairro.

FISCALIZAÇÃO DE PRÁTICAS ILEGAIS - Conforme o morador do bairro, Alberi Gamarra, o grupo busca contemplar um anseio da comunidade em buscar junto ao Poder Público a implantação do sistema de monitoramento nas proximidades da Rua Pedro Pereira de Camargo, a qual faz ligação com o Bairro Raymundo Gomes Neto e, da mesma forma, com o frigorífico da Cotrijuí. Segundo Alberi, “há alguns meses, os moradores, juntamente com voluntários do Cidade Limpa e da Secretaria Municipal de Obras, estão trabalhando nas cercanias da rua efetuando o recolhimento de lixo e a roçagem do mato, visando manter a via em condições de trânsito de veículos e pedestres e, também, de evitar o descarte de lixo na localidade”, salientou. Porém, conforme ressaltaram os moradores, ainda continuam os atos ilegais de descarte de resíduos, principalmente à noite, onde a prática não é flagrada. Assim, a comissão formada buscou junto ao 14º BPM informações sobre como pode ser efetuada a implantação de mais uma câmera no bairro, uma vez que a localidade já possui um equipamento que está em funcionamento dentro da área residencial.
APOIO - Conforme o comando do 14º BPM, a guarnição possui hoje 36 câmeras de videomonitoramento espalhadas pela cidade adquiridas via Governo do Estado, informando que, embora não existam recursos disponíveis para a aquisição de mais câmeras, o batalhão possui estrutura para comportar a conexão de mais equipamentos no sistema. Assim, o capitão Eduardo Brum informou que existem câmeras com custo mais reduzido do que as já instaladas na cidade e que atenderiam ao propósito da comunidade do Bairro Jauri em proporcionar a fiscalização por parte da polícia, enfatizando, por sua vez, que o 14º BPM estará realizando o levantamento financeiro sobre o equipamento necessário, o qual será repassado para os moradores buscarem a sua aquisição, seja por recursos obtidos através de ações populares de arrecadação como por emendas parlamentares.
MOBILIZAÇÃO - Segundo o vereador Piti Werle, “o Bairro Jauri possui hoje uma grande capacidade de mobilização de seus moradores em busca de melhorias para sua localidade, então, acreditamos que este pleito poderá ser conquistado, uma vez que o custo será relativamente menor e que terá a participação efetiva de todos na busca do recurso a ser empreendido na instalação do monitoramento”, salientou Piti. (Comunicação vereador Piti Werle)
 

Comentários

Nenhum Comentário. Deixe o seu comentário!

Mais notícias em Geral