11/05/2018 às 10:54
De 14 a 18 de maio, cidade vai sediar “Semana de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”
De 14 a 18 de maio, cidade vai sediar “Semana de Combate  ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”
Momento da visita de integrantes da Rede de Proteção à Criança e ao Adolescente Crédito da foto - Vânia Cavalheiro/AN

Na próxima semana, de segunda a sexta-feira (14 a 18 de maio), a Rede de Proteção à Criança e ao Adolescente, composta por entidades públicas e privadas, vai realizar a “Semana de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”, em São Luiz Gonzaga.
Para informar sobre esse evento, recebemos quinta-feira, a visita de representantes da Rede de Proteção. Estiveram em A NOTÍCIA, Thaís Vargas Pereira (Secretaria Municipal da Saúde); Edelmira Borck Monroe, Maria Iara Gonçalves da Silva e Rita Chaves Motta (Conselho Tutelar); Karina de Souza Zborowski (Secretaria Municipal de Educação) e Valéria Castro (CREAS).
O objetivo é sensibilizar a população, para os riscos que, infelizmente, crianças e adolescentes, em função do assédio que sofrem dos adultos, para cometer atos abusivos à dignidade humana, que podem ficar marcados para sempre em suas mentes, dificultando seus relacionamentos futuros. As ocorrências registradas indicam que a maioria dos assédios ocorrem em maior número de parte de pessoas que estão muito próximas das crianças e adolescentes, que se valem de privilegiada capacidade de envolvimento e convencimento, para submetê-las a desvios de conduta que levam ao estupro e a outros formas de assédio, para satisfazer mentes deformadas pela tara sexual. Muitos desses menores, são mortos como decorrência das agressões sofridas, e também para evitar que tomem atitudes para punir seus agressores.
Aqui em São Luiz Gonzaga, problemas dessa ordem já estão acontecendo quase regularmente. Basta dizer que em semana recente, foram registrados três casos de estupro, sendo as vítimas, de ambos os sexos, com idades entre 3 a 9 anos. Situações como essa, disseram as integrantes da Rede de Proteção montada em nossa cidade, precisam ser combatidas severamente, em relação aos autores desse crime inominável, diante de seres indefesos e que sequer conhecem do que estão sendo vítimas.
Rede de Proteção
A Rede de Proteção às Crianças e Adolescentes em São Luiz Gonzaga é assim constituída: Conselho Tutelar, CREAS – Centro de Referência Especializada em Assistência Social, CRAS - Centro de Referência em Assistência Social, Secretaria Municipal da Saúde, Secretaria Municipal da Educação, Secretaria Municipal de Ação Social e Comunitária, Poder Judiciário, DPCA – Delegacia de Proteção da Criança e do Adolescente, Ministério Público, CAPS AD, Lar Escola e COMDICA – Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente.
A programação é a seguinte:
Dia 14 – segunda-feira – Divulgação na imprensa falada e escrita do município sobre o tema.
Dia 15 – terça-feira – Divulgação da campanha e orientação sobre o tema, com a entrega de materiais informativos em empresas e comércio do município.
Dias 16 e 17 – quarta e quinta-feira – Orientação para os alunos da rede pública municipal e estadual de educação, sobre o tema, com explanação e entrega de material informativo.
Dia 18 de maio – sexta-feira – “Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes” – Caminhada da Rede de Proteção da Criança e do Adolescente e serviços agregados, com parada na Praça da Matriz, para abordagem direta a pedestres e motoristas com divulgação e orientação sobre o tema, com a entrega de materiais informativos.


 

Comentários

Nenhum Comentário. Deixe o seu comentário!

Mais notícias em Geral