29/06/2018 às 17:32
Memória Cultural

esteves.anoticia@gmail.com

 Salvando uma vida

Essa foto, tirada em 1981, mostra o dramático momento em que o boxeador Muhammad Ali salva um homem de se suicidar, em um prédio na cidade de Los Angeles, Califórnia. 
"Eu sou seu irmão. Eu amo você e não estou mentindo! Você precisa escutar. Eu quero que você venha para casa comigo, conhecer alguns amigos meus." - Gritava Ali, de uma janela ao lado de onde estava o homem negro prestes a pular do 9° andar. Ele era um ex-veterano do Vietnã que tinha perdido as esperanças por não conseguir um trabalho e por ter ficado sozinho desde que voltou da guerra.
"Por que você se preocupa comigo? Eu sou um ninguém", disse o homem em desespero, a um passo de pular.
O grande campeão de boxe, chorando, gritou que ele não era um ninguém e que sua vida era muito valiosa. No final, Muhammad acabou conseguindo convencê-lo a não pular.
Muhammad estava por perto no local quando tinha ouvido sobre a situação e correu para oferecer ajuda. Após o evento, Muhammad arranjou roupas, tratamento psiquiátrico e um emprego para o homem salvo, que tinha 21 anos e era de Michigan. Além disso, continuou mantendo contato com ele por vários anos.

 

Comentários

Nenhum Comentário. Deixe o seu comentário!

Mais notícias em Geral