10/05/2019 às 17:11
Região Missioneira do Estado apresenta maior cobertura da vacina contra gripe até agora

O Rio Grande do Sul teve, em 29 dias de campanha, mais de 1,9 milhão de pessoas vacinadas contra a gripe, o que representa 51,5% dos grupos prioritários. Entre as regiões, a com maior cobertura é a Missioneira, onde 62% das pessoas dos grupos prioritários já se protegeram do vírus. A campanha de vacinação vai até o dia 31 deste mês. Ao todo, mais de 3,8 milhões de pessoas no Estado fazem parte do público-alvo.

 

Das 79 cidades da Região Missioneira, os melhores números estão entre as 22 que compõem a 14ª Coordenadoria Regional de Saúde, com sede em Santa Rosa, com 65% de cobertura. Ao todo, a Secretaria Estadual da Saúde divide o Estado em 19 coordenadorias, sendo que 16 delas estão com, ao menos, 50% de cobertura. Só estão abaixo da marca as cidades que fazem parte das coordenadorias com sede em Porto Alegre (2ª CRS), Pelotas (3ª CRS) e Santa Cruz do Sul (13ª CRS).

 
 
Grupos prioritários para a vacinação
- Crianças (maiores de 6 meses e menores de 6 anos)
- Gestantes (em qualquer período de gestação)
- Puérperas (mulheres até 45 dias após o parto)
- Trabalhador da saúde
- Pessoas com 60 anos ou mais
- Professores
- Policiais, bombeiros e militares
- Doentes crônicos (doenças crônicas respiratórias, cardíacas, renais, neurológicas ou hepáticas, diabetes, imunossupressão, obesidade, transplantados ou pessoas com trissomias)
 
 
Quatro municípios já atingiram a meta
Mesmo que ainda restem mais de três semanas para o término da campanha, alguns municípios já alcançaram a meta de 90% de cobertura. É o caso de São José do Inhacorá, Taquaruçu do Sul, Santa Tereza e Candiota, que nesta ordem apresentam os maiores percentuais de cobertura dos grupos. Desses, Candiota é o único com população a ser vacinada acima das 3 mil pessoas. Com mais de 15 mil pessoas nos grupos, Taquara é a primeira já acima dos 80% de cobertura. Nas cidades com mais de 50 mil pessoas como alvo, Gravataí é a com melhor registro, com 56 mil doses já aplicadas e 72% de cobertura.
 
 
 
 
 

Comentários

Nenhum Comentário. Deixe o seu comentário!

Mais notícias em Saúde