Ciclista são-luizense percorreu 10 mil Km em 2018 e pretende superar meta neste ano
04 de Janeiro de 2019 às 15:43
Ciclista são-luizense percorreu 10 mil Km em 2018 e pretende superar meta neste ano

Silvio Castilho da Silva é são-luizense e trabalha como recepcionista no Hotel Cometa. Ciclista amador, ele comemora mais de 10 mil quilômetros percorridos pela região missioneira no ano que findou, prometendo superar esta meta em 2019. Confira sua história:

 
 
A Notícia - Quando surgiu a vontade de pedalar e quem mais te apoiou na escolha do esporte? E porque a bike?
Silvio - Pedalava quando era mais novo, até servir o Exército, depois dei uma longa parada. Surgiu a vontade de pedalar em uma reforma de uma Caloi 10 antiga que estava na loja Decorpore, da dona Maria Elena e quando fui entregar, encontrei um amigo que me ofereceu uma bicicleta igual a que estava entregando. Fui até a casa dele ver a bicicleta para reformar e comecei a andar, indo até o Piraju.
 
 
A Notícia – Atualmente, São Luiz tem se destacado em vários campeonatos de ciclismo no Estado e fora dele. Você pretende seguir o caminho dos atletas locais?
Silvio - Entrei no ciclismo não para competir, mas sim para incentivar as pessoas a praticar o esporte, que é muito bom para a saúde.
 
 
A Notícia – Mas para iniciar no esporte, se preparou de alguma forma?
Silvio - Decidi iniciar me baseando nos outros atletas que praticam o ciclismo na cidade, mas sempre cuidando da saúde, alimentação e hidratação.
 
 
A Notícia – Como você faz a escolha do percurso a seguir pela cidade e região? Em 2018, quantos quilômetros alcançou nas estradas da região?
Silvio – O percurso é escolhido no dia, se vamos a Roque Gonzales, Porto Xavier, Cerro Largo ou Bossoroca. O total percorrido em 2018 foi de 10.006 quilômetros e quem me acompanha nos percursos é o Jairo Panzenhagem, do Cine Lux, e o grupo Os Vagalumes e outros atletas do Pró-Giro.
 
 
A Notícia – E em 2019, pretende superar os números alcançados em 2018?
Silvio – Em 2019, a intenção é superar a meta que foi alcançada em 2018, realizando de 12 a 13 mil quilômetros.
 
 
A Notícia – Que mensagem você deixa aquelas pessoas que querem iniciar algum esporte e não tem o apoio necessário?
Silvio - Que iniciem devagar como eu, sem fazer loucuras e conforme sua resistência fisica. A pessoa tem que saber que tem que ir e voltar.