A obra poética de Jayme Caetano Braun iniciou com o livro “Galpão de Estância”

  • 2 de fevereiro de 2024

Estamos comemorando os 100 anos do nascimento do poeta e payador Jayme Caetano Braun, uma das referências mais importantes das letras gaúchas. Ninguém como ele conseguiu, com seus versos e payadas, contar o Rio Grande, sua gente e sua história. Natural de São Luiz Gonzaga, destacou a terra natal, que agora lhe tributa o justo reconhecimento. Sua vocação despertou cedo, ainda adolescente, na década de 1940. Na década seguinte, acertou com a Empresa Gráfica Porto Seguro, editora do jornal A Notícia, a impressão de seu primeiro livro, que levou o nome de “Galpão de Estância”, nome dado ao Centro de Tradições Gaúchas criado aqui, anos depois. Jayme cedeu os direitos de impressão e comercialização do livro à Gráfica Porto Seguro, mediante um contrato de divisão dos resultados financeiros.

Hoje especialmente queremos destacar os pais de Jayme, o casal João Aloisio Braun e Euclydes Caetano. João Aloisio, filho de alemães, era professor e veio para São Luiz Gonzaga para exercer o magistério. Aqui conheceu Euclydes, com quem casou e teve vários filhos: Maria Florinda, Terezinha, Judite, Zélia, Eurica, Pedro Canísio e Jayme. João Aloisio foi um grande colaborador das iniciativas da comunidade, aceitando participar de diretorias de entidades, quase sempre como secretário, o que o fazia o redator das atas. Foi muito respeitado e benquisto pela disponibilidade e a qualidade da educação que passava a seus alunos. Sua carreira encerrou como Delegado da Educação em Cruz Alta.

Sua esposa, Euclydes, tinha a veia poética da família. Conta-se que gostava de conversar com a família e amigas, sempre fazendo versos. Os vizinhos acompanhavam suas manifestações poéticas, enquanto trabalhava. Certamente, desenvolveu em Jayme sua vocação.

As comemorações que agora acontecem, é uma justa homenagem a Jayme, que muito honrou nossa terra e homenageou o Rio Grande do Sul. “A Notícia”, que fez a impressão e a comercialização de seu primeiro livro, é uma das obras que engrandeceram este jornal.

Entidades e empresas se mobilizam para promoção do Arroz Solidário

Estão em ritmo intenso os trabalhos de organização da primeira edição do Arroz Solidário. A programação ocorre no próximo dia…

Alunos do IERB criaram desenhos com mensagens de esperança aos atingidos pelas enchentes

Neste mês de maio, as professoras do Instituto Estadual Rui Barbosa, Gisele Silva De Oliveira Guedes e Viviane Siqueira Alves,…

Rock solidário nesta sexta-feira, no Atlanta

Nesta sexta-feira, 24 de maio, junto ao Atlanta Boliche Bar em São Luiz Gonzaga, será realizada a noite do Rock…