Beverly Bassani e Alex Garcia serão homenageados com a Comenda Sepé Tiaraju

  • 5 de fevereiro de 2024
Beverly Bassani e Alex Garcia serão homenageados com a Comenda Sepé Tiaraju

Entrega da honraria ocorre nesta quarta-feira (7), às 19 horas, no Salão Nobre da Prefeitura de São Luiz Gonzaga

Para manter viva a memória do herói da pátria Sepé Tiaraju – morto em batalha no dia 7 de fevereiro de 1756 – e homenagear cidadãos que realizam um trabalho em prol da comunidade e do município, a Prefeitura de São Luiz Gonzaga, por meio da Secretaria de Turismo e Cultura, e o Conselho Municipal de Turismo (COMTUR) realizam a entrega da Comenda Sepé Tiaraju.

A solenidade ocorrerá nesta quarta-feira (7), a partir das 19 horas, no Salão Nobre da Prefeitura de São Luiz Gonzaga. Neste ano, a honraria será entregue ao fundador-presidente da Associação Gaúcha de Pais e Amigos dos Surdocegos e Multideficientes (Agapasm), Alex Garcia; e à diretora do Fênix Grupo Folklorico, Beverly Bassani. Assim como em edições anteriores, os homenageados foram indicados pelo COMTUR. O convite oficial foi entregue na quinta-feira (1º), pelo presidente do Conselho de Turismo, Carlos Sidnei Ferreira; e pelo patrocinador da comenda e apoiador do evento, Vinicius Ribeiro.

A Comenda Sepé Tiaraju foi instituída em 2004, na gestão do ex-prefeito Jauri Gomes de Oliveira e reativada em 2018, na primeira gestão do prefeito Sidney Brondani. As medalhas da comenda são confeccionadas, de forma voluntária, pelo artista são-luizense, Vinicius Ribeiro.

HOMENAGEADOS – Confira um breve histórico dos homenageados deste ano da Comenda Sepé Tiaraju:

Alex Garcia – Especialista em Educação Especial pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Alex Garcia é a primeira pessoa surdocega com hidrocefalia e com doença rara a se pós-graduar em uma universidade no Brasil. Fundador-presidente da Associação Gaúcha de Pais e Amigos dos Surdocegos e Multideficientes (Agapasm), Alex foi a única pessoa surdocega do mundo a participar da reunião de alto nível sobre deficiência e desenvolvimento “O caminho a seguir: Agenda de Desenvolvimento Inclusivo em Deficiência para 2015 e além”, realizada em 2013, na sede da ONU, em Nova York.

Desde 2004, de forma voluntária, atua na estruturação do trabalho de atendimento domiciliar com as famílias de surdocegos para informações e orientações educacionais, encaminhamentos médicos e sociais, e também na preparação de profissionais para atuação com surdocegos em seus locais de origem.

Alex Garcia foi a primeira pessoa surdocega a escrever um livro sobre educação na América Latina, com a obra “Surdocegueira: empírica e científica”, lançada em 2008. Em 2013, foi proponente da audiência pública para tratar da inclusão social da pessoa com surdocegueira, a qual foi a primeira audiência a tratar do tema na história do Brasil. Alex Garcia também foi um dos vencedores, na categoria “Personalidades”, do Prêmio Brasil Mais Inclusão 2016.

Beverly Bassani Silva – Bacharela em Direito pela URI São Luiz Gonzaga, Beverly Bassani é Inspetora de Polícia. A homenageada é especialista em Folclore e Artes Populares, pela UNIJUÍ, e integra “Os Irmãos Bassani”, que em fevereiro de 2010, ao lado dos irmãos Cristian, Mirela e Regina; da mãe, Rosane, e com o apoio do esposo, Ambrósio Lopes, criaram o “FÊNIX GRUPO FOLKLORICO”. O grupo representa São Luiz e as Missões em eventos e festivais internacionais, mostrando a versatilidade e elegância na expressão artístico-cultural dos diversos ritmos e folclores de diferentes povos étnicos da América Latina.

Com o espetáculo “Missões – A Saga de Sepé Tiaraju e as Reduções Jesuítico-Guarany”, o Fênix Grupo Folklorico revela por meio de dança, interpretação, expressão e caracterização – além de canções e melodias genuinamente missioneiras – o resgate da história das Missões, destacando a emblemática personalidade do são-luizense Sepé Tiaraju, símbolo da resistência do povo missioneiro e que imortalizou o brado “Essa terra tem dono!”.

Beverly também atuou na implantação do Conselho Municipal de Cultura, sendo a primeira presidenta do COMCULT, de 2019 a 2022, desempenhando ao lado dos colegas conselheiros, importante trabalho coletivo de integração ao Sistema Municipal de Cultura para acesso a políticas públicas nacionais e repasse de recursos emergenciais às entidades culturais, classe artística, fazedores de cultura, artistas e profissionais da área, no período da pandemia da Covid-19.

 

Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Imprensa da Prefeitura de São Luiz Gonzaga com informações do COMTUR

Foto: Arquivo e Divulgação (COMTUR)   

Salusa vai convocar assembleia geral para votar encerramento de atividades

A Salusa Participações S/A encerrou seu ciclo. Depois de duas décadas apoiando o desenvolvimento dos pequenos negócios em São Luiz…

Municípios buscam soluções para agropecuária em congresso da Famurs

O agro gaúcho foi tema na quarta-feira (17/07) no congresso anual da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande…

AGSL MB busca vitória fora de casa contra o Soberano em meio a desfalques

A AGSL MB se prepara para enfrentar o Soberano neste sábado, 20, em busca de manter seu aproveitamento de 100%…