Cermissões investirá mais de R$ 5 milhões na ampliação da Subestação Santo Antônio

  • 13 de junho de 2024
Cermissões

Devido ao aumento do consumo de energia por parte dos associados e clientes atendidos pela Subestação Santo Antônio de São Luiz Gonzaga e nos municípios vizinhos de Bossoroca, Santo Antônio das Missões, Rolador, Caibaté, São Miguel das Missões e São Luiz Gonzaga, a Cermissões iniciou uma nova fase de ampliação da capacidade de fornecimento de energia.

Em 2022, a capacidade de fornecimento de energia da subestação foi dobrada, passando de 25 para 50 MVA (megavolt-ampere), com a instalação de dois novos transformadores, representando um investimento superior a R$ 7 milhões.

Diante da demanda contínua por novas ligações, principalmente para atender aos irrigantes, o presidente Diamantino Marques dos Santos, junto com a direção e equipes técnicas, iniciou tratativas no final de 2023 para reinstalar um transformador de 12,5 MVA, que estava em funcionamento até 2022.

O engenheiro eletricista Eluir Hoffmann explicou que, além da infraestrutura civil básica e dos pórticos para instalação dos equipamentos, será necessário ampliar três alimentadores de distribuição e instalar novos módulos e sistemas de comando.

Esses investimentos, somados às necessárias ampliações das redes, resultarão em um investimento superior a R$ 5 milhões. Eluir destacou que, além da instalação do transformador, é fundamental ter redes com capacidade para garantir que a energia chegue aos associados, elevando os custos para distribuir energia com qualidade a todos.

Capacidade total será de 62,5 MVA – Com os três transformadores em operação, a Subestação alcançará uma capacidade total de 62,5 MVA de fornecimento de energia, correspondente à capacidade da linha de 69 kV que abastece a subestação.

Durante o verão 2023/2024, foram registrados picos de consumo próximos de 40 MVA na Subestação em São Luiz Gonzaga, mesmo em um período chuvoso, quando a utilização dos sistemas de irrigação foi menor. Prevê-se que esses picos de consumo ultrapassem os 50 MVA neste verão 2024/2025, dependendo das condições climáticas. Diamantino ressaltou a importância de estar preparado para evitar desabastecimentos aos associados, que confiam na cooperativa ao realizar grandes investimentos.

Salusa vai convocar assembleia geral para votar encerramento de atividades

A Salusa Participações S/A encerrou seu ciclo. Depois de duas décadas apoiando o desenvolvimento dos pequenos negócios em São Luiz…

Municípios buscam soluções para agropecuária em congresso da Famurs

O agro gaúcho foi tema na quarta-feira (17/07) no congresso anual da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande…

AGSL MB busca vitória fora de casa contra o Soberano em meio a desfalques

A AGSL MB se prepara para enfrentar o Soberano neste sábado, 20, em busca de manter seu aproveitamento de 100%…