• 11 de agosto de 2023

Clima – O colaborador desta coluna Luiz Carlos Antunes Pereira, fez o levantamento das chuvas e geadas no mês de julho, nos últimos cinco anos, como segue: julho de 2019 – chuvas com volumes de 237mm e duas geadas; julho de 2020 – chuvas com volumes de 137mm e 7 geadas; julho de 2021 – chuvas com volumes de 10mm e 7 geadas; julho de 2022 – chuvas com volumes de 8mm, sem ocorrência de geadas; e julho de 2023 – chuvas com volumes de 125mm e duas geadas, de pequena expressão. Para estender o estudo, Luiz Carlos acrescentou a chuva de 7 de agosto, que foi limitada em 10mm. E ainda relatou que ficamos 20 dias sem chuvas, o que indica um princípio de estiagem. Ainda assinalou que o inverno está marcado, pelo menos até agora, com dias quentes e frios e até mesmo dias marcadas pelo frio e encerrados com o calor e vice-versa.

Trigo – A lavoura se desenvolve com normalidade, informou o agrônomo Murilo Queiroz, da Coopatrigo. O plantio de milho ainda se desenvolve. E as variações climáticas não causaram danos severos nas plantas, acrescentou o técnico.

Efeito Estufa – Jeff Masters fez nome como meteorologista voando a bordo dos aviões de reconhecimento em furacões e tempestades tropicais nos Estados Unidos. Depois dessa experiência, encerrada em um vôo quase fatal ao investigar um furacão de categoria 5, Jeff Masters criou uma empresa, chamada Weather Underground, que veio a ser uma das maiores do mundo em Meteorologia, o que o tornou referência mundial nessa área. É dele essa declaração: “Enquanto continuarmos a queimar combustíveis fósseis e colocar mais gases de efeito estufa na atmosfera, o clima continuará a ficar mais extremo. Somente quando atingirmos o “zero líquido” – sem mais aumento de gases de efeito estufa com equilíbrio entre o que é emitido e retirado da atmosfera de gases estufa – o clima finalmente alcançará um “novo normal” e se estabilizará.”

PARÓQUIA – A Igreja Matriz e o Salão Paroquial, obras da comunidade católica desta cidade, passaram por obras renovadoras. A Igreja finalmente superou as dificuldades que estavam presentes em seu sistema de som, que agora pode ser ouvido com normalidade. E o Salão Paroquial passou por reformas internas importantes que atualizaram suas instalações.

Drex – Esse é o nome da moeda digital brasileira, criada pelo Banco Central. Seu uso é previsto apenas pela remessa e recebimento de dinheiro em operações inter-bancárias. O sistema, no momento, passa por testes, para verificar o seu potencial e segurança.

Equoterapia – É uma entidade da comunidade, que funciona com o apoio do 4º RCB, onde está instalada, da Prefeitura e da associação das famílias que representam as crianças e jovens que recebem tratamento para o controle de algum tipo de limitação, que podem ser reduzidas e até superadas. É o milagre do andar do cavalo, conduzido por soldados, a pé,  em marcha de caminhada. Sentadas no arreio, as crianças recebem um retorno em seu sistema nervoso, que ao longo desse tratamento, melhora o seu estado geral. A equoterapia atende dezenas de crianças e jovens. Tivemos notícia que a equoterapia aguarda um novo contrato com a prefeitura, capaz de liberar recursos para cobrir despesas desse atendimento. Certamente um projeto de lei será encaminhado à Câmara de Vereadores que, aprovado, permitirá a retomada desse serviço, tão essencial. Paralelamente, a entidade está fazendo campanha de arrecadação de recursos financeiros, para ajudar na cobertura dos cultos desse tratamento.

Obra retomada –A Justiça liberou a retomada as obras de reforma no Parque Harmonia, cujo patrono é Maurício Sirotski Sobrinho, fundador da RBS. Essa retomada nas obras, assegura a implantação do Acampamento Farroupilha, nesse local, como tem ocorrido todos os anos, durante a Semana Farroupilha, em setembro.

Música e Teatro – Porto Alegre vive um momento mágico em agosto, com 15 shows musicais e eventos teatrais acontecendo na capital. E o calendário vai continuar movimentado nos meses seguintes. E citamos aqui, porque esse movimento pela arte, com essa expressão, é um fato provavelmente inédito em nossa capital.

Recursos – Em seis meses deste ano, as empresas brasileiras captaram mais recursos no exterior, para investimentos, do que no total do ano passado. Essas informação é do jornal “O Globo”, que se completa com outra, do “Estadão”, dizendo que “cenário positivo destrava negócios de empresas brasileiras com estrangeiras”. Mas a “Folha de São Paulo” reduz o entusiasmo, informando que o “Brasil não cumprirá meta fiscal em 2024, dizem economistas.” A baixa arrecadação não permitirá o cumprimento de metas, informa o jornal. E talvez seja por isso que o jornal “Valor Econômico” informa que “Benefícios do ICMS levam governo federal a notificar 500 empresas”, que ficam penduradas como devedoras do governo central.

Entidades e empresas se mobilizam para promoção do Arroz Solidário

Estão em ritmo intenso os trabalhos de organização da primeira edição do Arroz Solidário. A programação ocorre no próximo dia…

Alunos do IERB criaram desenhos com mensagens de esperança aos atingidos pelas enchentes

Neste mês de maio, as professoras do Instituto Estadual Rui Barbosa, Gisele Silva De Oliveira Guedes e Viviane Siqueira Alves,…

Rock solidário nesta sexta-feira, no Atlanta

Nesta sexta-feira, 24 de maio, junto ao Atlanta Boliche Bar em São Luiz Gonzaga, será realizada a noite do Rock…