Destaques 24 e 25 de março

  • 27 de março de 2023

70 Anos de música – Irenita Borges Juchen viajou ontem para Porto Alegre, para participar hoje e amanhã das festividades que se realizarão na capital gaúcha, para comemorar os 70 anos de seu irmão Luiz Carlos Borges e 60 anos de carreira musical, iniciada aos 11 anos, como atração juvenil do conjunto Irmãos Borges. Hoje, Luiz Carlos Borges terá um encontro com a imprensa e, sábado, a festa musical para comemorar 70 anos de vida artística.

50 Anos no Cartório de Registro de Imóveis – Esta semana visitei o amigo Carlos Alberto Caíno em seu local de trabalho, o Cartório de Registro de Imóveis. Era para ser uma visita de cinco minutos, mas se estendeu por mais de uma hora. Caíno nos contou a sua trajetória desde que casou com Alice Vieira Marques (filha do dr. Dinar Vieira Marques e a prof. Zilá Lobato Marques), a formatura do casal, em Direito, em Cruz Alta, a definição pela residência em São Luiz Gonzaga e os 50 anos à frente do Cartório de Registro de Imóveis de São Luiz Gonzaga, cargo conquistado em concurso público.

Rotina – Com 84 anos de idade, Carlos Alberto Caíno sequer pensa em aposentadoria. A vida matrimonial se realiza plenamente, acrescida dos quatro filhos, dois nascidos em Cruz Alta e dois em São Luiz Gonzaga, acrescidos dos netos que chegaram a seguir. Nos mostrou o Cartório e a perfeita ordem dos enormes livros que preservam registros de terras urbanas e rurais desde 1890. Antes dessa data, contou Caíno, os registros de compra e venda de terras eram feitos pelo vigário da Paróquia de São Luiz Gonzaga, com o detalhe que esse registro não era obrigatório, mas também significava um documento para comprovar a posse.

O mapa da cidade – Entre tantas informações que nos transmitiu, Caíno destacou a boa qualidade do mapa (ruas, quarteirões) da cidade de São Luiz Gonzaga. É o documento original desta cidade e que orienta o Cartório de Registro de Imóveis, ao fazer a certidão que resume uma compra e venda de terras. Caíno não sabe quem fez esse mapa, mas elogia a sua boa qualidade. Na visita, Caíno nos pediu para testar a boa organização do Cartório. Então solicitei uma cópia do registro da casa adquirida pelos meus pais, onde moramos durante mais de 80 anos. Dadas as coordenadas, a certidão nos foi entregue em menos de 5 minutos. O acervo está pronto para ser informatizado.

Ações na comunidade – Em São Luiz Gonzaga, Carlos Alberto Caíno presidiu o Hospital São Luiz Gonzaga, durante vários anos e foi o responsável pelo seguimento da construção do novo edifício do Hospital São Luiz Gonzaga, recebido com a estrutura básica concluída. Entregou essa obra com parte do prédio em condições de uso, destacando o local definitivo do plantão médico. Presidiu a Sociedade Paroquial, entidade mantenedora da Igreja Católica, foi secretário da Administração na Prefeitura Municipal e concorreu a Prefeito de São Luiz Gonzaga.

Era apenas uma visita – Foi, realmente, apenas uma visita. Não tinha caneta, nem minha caderneta de anotações. O que ouvi do amigo Caíno, ficou guardado na memória. Foi apenas um bate-papo, que surgiu em meio aos livros do cartório. Mas, depois, já em casa, ao organizar minha pauta para esta coluna, decidi transformar a visita em informação para esta coluna.

Praça Cícero Cavalheiro – Centenas de são-luizenses elegeram a Praça (Centro Esportivo) Cícero Cavalheiro para seus momentos de lazer nos finais de semana. A praça recebe cerca de 200 pessoas. A maioria forma rodas de conversa para sorver o chimarrão, mas as crianças se divertem no parque infantil. Outros foram equipes e disputam partidas de futsal, vôlei ou então fazer exercícios na academia ao ar livre. A opção da caminhada tem adeptos, mas o calor reduziu o público dessa atração. A pista de skate tem vários admiradores, entre a meninada. A praça oferece muita sombra natural, que é desfrutada com muito gosto pela população.

Rio Grande do Norte – A informação mais recente que temos indica 300 ataques de bandidos em 52 municípios do Rio Grande do Norte. Consta que o ciclo da violência está se reduzindo. Mas é muito importante que o caso só se encerre com o desmonte dessa furiosa ação contra a ordem que todo o cidadão deve ajudar a construir.

Paixão se transforma em agressão – Em Minas Gerais, esta semana, rapazes e moças, vestindo camisetas do Cruzeiro, ocupavam uma mesa ao ar livre em frente a um bar. De repente, outro grupo de jovens, estes com camisetas do Atlético Mineiro, chegou ao local e passou a agredir furiosamente os cruzeiristas. Restaram feridos e presos, resultado de uma competição grosseira e estúpida.

Fundo municipal de proteção animal –   O vereador Laureano Castilho (MDB) apresentou anteprojeto de lei na Câmara Municipal para criação de um Fundo Municipal de Proteção Animal. O debate deve alcançar a comunidade.

Entidades e empresas se mobilizam para promoção do Arroz Solidário

Estão em ritmo intenso os trabalhos de organização da primeira edição do Arroz Solidário. A programação ocorre no próximo dia…

Alunos do IERB criaram desenhos com mensagens de esperança aos atingidos pelas enchentes

Neste mês de maio, as professoras do Instituto Estadual Rui Barbosa, Gisele Silva De Oliveira Guedes e Viviane Siqueira Alves,…

Rock solidário nesta sexta-feira, no Atlanta

Nesta sexta-feira, 24 de maio, junto ao Atlanta Boliche Bar em São Luiz Gonzaga, será realizada a noite do Rock…