Dor de cabeça

  • 23 de junho de 2023

Você já amanheceu sem algum pequeno problema para resolver?

A cefaleia (dor de cabeça) faz parte de qualquer vocabulário do ser humano. Quem não tem algo para decifrar não está no mundo.

Para penetrar na vida há que executar ou pensar em funcionar neurônios. É para isto que eles servem. Ao deixa-los adormecidos todo o corpo padece. A ‘caduquice’ chega mais cedo, relacionando com idade cronológica.

Muitas pessoas correm atrás de uma aposentadoria legal ou ilegal. Contentam-se com o básico. E o cérebro discorda. Sempre se deve ter um plano B, depois de decorrido tempo legal para aposentar-se daquele serviço. Deixar o barco (cérebro) a deriva, à toa, ele ‘murcha’ em ideias, hábitos, torna a pessoa um  robozinho descerebrado.

Deixar o serviço público ou privado após cumprir o prazo legal, tudo bem. Então é chegada a hora de partir para outras atividades que postergou por não encaixar em sua rotina profissional por falta de horário para executá-las. Ficar sentado, aguardando a morte não condiz com pessoa que se diz humana. Pode dar dor de cabeça. E vai enfileirando medicações controladas (ou não) para manter-se ‘vivo’. Ledo engano!

Sabe-se que a estimativa de vida está aumentando. Então, fatalmente, irão surgir doenças orgânicas. Estas podem ser minimizadas com alimentação de qualidade, prática de caminhadas ou outro tipo de atividades físicas e, principalmente, viver de bem com a vida e consigo mesmo. Participar da vida. Isto ajuda a mitigar as dores de cabeça.

Ficar o dia todo em frente à TV, por exemplo, força visão, ‘enferruja as juntas’, a musculatura perde força, o intestino diminui seu funcionamento…

Ir à luta preenche os vazios cerebrais, o entusiasmo ressurge, levando outras pessoas a seguir o exemplo, contribuindo, assim, para elevar o número de amigos, troca de conhecimentos. Aquele idoso, sempre jovem. Cabeça brilhante.

As dores de cabeça do texto são usadas em sentido figurado.

Dor de cabeça, dentro da saúde orgânica é sintoma que deve ser avaliado com parcimônia, principalmente, se for aguda, em pessoa que nunca se queixou deste tipo de dor.

Evite dar muito valor por problemas de rotina como sofrer por antecedência com algo que poderá ocorrer. É muito comum, focar-se em familiares, importando-se em demasia com a vida rotineira de filhos, netos e amigos.

Evite dores de cabeça. Chegam aquelas que a vida vai dar as caras.

Entidades e empresas se mobilizam para promoção do Arroz Solidário

Estão em ritmo intenso os trabalhos de organização da primeira edição do Arroz Solidário. A programação ocorre no próximo dia…

Alunos do IERB criaram desenhos com mensagens de esperança aos atingidos pelas enchentes

Neste mês de maio, as professoras do Instituto Estadual Rui Barbosa, Gisele Silva De Oliveira Guedes e Viviane Siqueira Alves,…

Rock solidário nesta sexta-feira, no Atlanta

Nesta sexta-feira, 24 de maio, junto ao Atlanta Boliche Bar em São Luiz Gonzaga, será realizada a noite do Rock…