É tempo de Renascimento

  • 28 de março de 2024

No último domingo tive uma experiência muito interessante no país coirmão argentino. Foi meu aniversário. Foi bom demais. Estive na catedral onde Papa Francisco foi pároco por mais de 15 anos e assisti muito emocionado a missa de Domingo de Ramos. Independente da religião que praticamos, é humanamente saudável o poder de crer.  Neurologicamente, é o conforto que a alma que habita nossos 100 bilhões de neurônios precisa. O abraço afetuoso e o beijo acolhedor.

No calendário cristão, a Páscoa é um momento profundamente simbólico, marcando a ressurreição de Jesus Cristo. No entanto, além do aspecto religioso, a Páscoa carrega consigo uma riqueza de simbolismos que ecoam através das culturas e tradições. É um período que nos convida à reflexão, ao perdão e à renovação, enquanto nos conectamos com os temas universais do renascimento e da esperança.

Na essência da Páscoa está o simbolismo do renascimento. Assim como a primavera floresce após o inverno, a Páscoa representa um novo começo, um renascer da alma. É um lembrete de que, mesmo nos momentos mais sombrios, há sempre a promessa de luz e vida.

A pomba e o ramo remontam a ideia do novo verde que brota com velocidade e turgor após um período de 40 dias de reflexão e renascimento. Que ilustre momento foram aqueles 90 minutos de reflexão profunda naquele templo.

O perdão é outro tema central da Páscoa. O perdão nos convida a refletir sobre nossas próprias falhas e erros, e a encontrar a coragem de perdoar e sermos perdoados. A Páscoa nos lembra que o perdão é uma jornada de cura tanto para o ofensor quanto para o ofendido, liberando-nos do fardo do ressentimento e abrindo espaço para a reconciliação e a paz. É o alívio para um cérebro sobrecarregado com pensamentos obsessivos de culpa ou orgulho ferido.

Além disso, a Páscoa é um símbolo de renovação pessoal e espiritual. Assim como os campos se renovam com o florescer das flores na primavera, a Páscoa nos convida a renovar nossa fé, nossos objetivos e nossos relacionamentos. É um momento para deixar para trás velhos padrões e hábitos que nos prendem ao passado, e abraçar novas possibilidades de crescimento e transformação. É um convite para sair do casulo do conforto e da complacência, e alçar voo em direção a novos horizontes de autodescoberta e realização.

Em resumo, a Páscoa é muito mais do que uma simples celebração religiosa. É um lembrete poderoso do ciclo eterno de renascimento e renovação que permeia a vida. É um convite para transcender nossas limitações, perdoar e sermos perdoados, e abraçar a promessa de um novo começo.

Que nesta Páscoa possamos encontrar inspiração para renovar nossos corações, espíritos e mentes, e florescer em todo o nosso potencial humano.

Contem comigo. Norberto.

Entidades e empresas se mobilizam para promoção do Arroz Solidário

Estão em ritmo intenso os trabalhos de organização da primeira edição do Arroz Solidário. A programação ocorre no próximo dia…

Alunos do IERB criaram desenhos com mensagens de esperança aos atingidos pelas enchentes

Neste mês de maio, as professoras do Instituto Estadual Rui Barbosa, Gisele Silva De Oliveira Guedes e Viviane Siqueira Alves,…

Rock solidário nesta sexta-feira, no Atlanta

Nesta sexta-feira, 24 de maio, junto ao Atlanta Boliche Bar em São Luiz Gonzaga, será realizada a noite do Rock…