Fetag celebra 60 anos destacando desafios e conquistas

  • 28 de abril de 2023
Fetag 60 anos 1

A Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul (Fetag/RS) está celebrando 60 anos de fundação com eventos ocorrendo em diversos municípios gaúchos. Entre as cidades que receberam esteve São Luiz Gonzaga, onde o encontro comemorativo ocorreu em um salão de festa da cidade na quarta-feira e teve a presença do presidente da Fetag/RS, Carlos Joel da Silva, de autoridades locais e regionais e de produtores de diferentes municípios das Missões.

“São seis décadas de muita luta e muitas conquistas também. Há 62 anos, começaram a ser fundados os sindicatos dos trabalhadores rurais com a iniciativa da frente agrária gaúcha. Porto Alegre, Caxias do Sul, Farroupilha, Veranópolis, Antônio Prado e Santa Rosa foram os pineiros e ajudaram a fundar a Fetag”, afirmou o presidente. “É só analisar como era a vida do produtor há 60 anos e como está agora para ver os avanços. E estamos trazendo as comemorações para os municípios do interior para ficar perto da razão de ser da Fetag, que são nossos agricultores familiares”, salientou Carlos Joel.

Segundo o dirigente, o Estado conta com 315 sindicatos de trabalhadores rurais, que reúnem em torno de 200 mil produtores e a produção de 300 mil propriedades rurais. “Há 60 anos não havia financiamento agrícola. Hoje temos o Pronaf, o seguro agrícola e o Proagro. Até a década de 1970 não havia aposentadoria para o homem do campo. Hoje temos toda uma gama de políticas públicas que defendem os agricultores. Evoluímos na questão social como evoluímos na produção. Mas é claro que sempre precisamos evoluir mais na defesa dos direitos de quem produz a comida que chega a todos nós”, apontou o presidente.

 

Protestos e o drama da estiagem

Sobre as recentes manifestações pedindo apoio pelas perdas de 80% das culturas na região, Carlos Joel afirmou que os atos organizados em 15 municípios gaúchos, entre eles São Luiz Gonzaga, reuniram mais de 6 mil agricultores. “O esforço deu resultado. Estive em Brasília e temos sinalização clara que a União deve liberar R$ 250 milhões para o desconto aos produtores que não tem seguro e nem Proagro. Já sobre parcelas de financiamento, o pagamento deste ano seria jogado para o fim do contrato. Na semana que vem deve ocorrer reunião da Fetag com, bancos e cooperativas de crédito para alinhar essas prorrogações.”

Durante a programação em São Luiz Gonzaga, foi apresentado o vídeo alusivo aos 60 anos da Fetag e foram homenageados os agricultores mais antigos de cada sindicato, como o são-luizense Antônio da Rosa, e os sindicatos de cada cidade da região.

Entidades e empresas se mobilizam para promoção do Arroz Solidário

Estão em ritmo intenso os trabalhos de organização da primeira edição do Arroz Solidário. A programação ocorre no próximo dia…

Alunos do IERB criaram desenhos com mensagens de esperança aos atingidos pelas enchentes

Neste mês de maio, as professoras do Instituto Estadual Rui Barbosa, Gisele Silva De Oliveira Guedes e Viviane Siqueira Alves,…

Rock solidário nesta sexta-feira, no Atlanta

Nesta sexta-feira, 24 de maio, junto ao Atlanta Boliche Bar em São Luiz Gonzaga, será realizada a noite do Rock…