GURIAS ‘AZUL E ROSA’

  • 26 de maio de 2023

Até hoje elas ‘se acham’!

Sim, pois foi o embasamento de uma vida adulta e senil, construída na infância e adolescência.

Quem continua, na atualidade, com a bandeira azul e rosa?

Podem até dar conta ao Criador com rezas isoladas, mas sem a mínima participação de atos religiosos e caritativos. E, olha como há gente necessitando! Uma palavra, uma visita, um encontro… Disponibilizar-se.

A salesianidade não arrefeceu.

O Grupo Sul do Brasil continua vivo. A Presidente da União é de Uruguaiana. Bem próxima da nossa União ‘Irmã Maria Aparecida da Silva’, primeira Diretora do INSA local.

Ser ex-aluna salesiana contempla uma diversidade de atitudes concretas, de amizade contínua ao longo do tempo, espiritualidade, jeito de Ser. Este brota do íntimo. Alegria, encontros (às vezes até desencontros), família, trabalho, sociabilidade, aceitação das próprias adversidades. Um trabalho incessante do ‘nós’.

A oração, o famoso falar com o Criador, ou meditar com Ele, é um recurso sempre presente em todas as atividades salesianas.

A cidade missioneira foi premiada por muitos anos da presença salesiana, formando uma ‘tropa’ de jovens que se espalharam por cidades próximas, outras mais distantes, dentro e fora do Estado.

As gurias ‘azul e rosa’, marcam seu trabalho em atividades citadinas, ressaltando o encontro mensal no Lar Escola local, que mantém um grupo de crianças e jovens. Estes, em idade escolar, frequentam as escolas locais e moram no Lar. Fácil entrosar as brincadeiras, cânticos, jogos, teatro, danças. Não pode faltar, lógico, um gostoso lanche. Assim, continua o trabalho preconizado pelo Fundador D. Bosco e Maria Mazzarello. Nossa Senhora Auxiliadora sempre como guia espiritual dessas valentes gurias.

O salesianismo, leia-se alegria, está inserido em muitas atividades pedagógicas e assistenciais em municípios gaúchos. Pode ser citada Santa Rosa com a Faculdade D. Bosco, Porto Alegre com a Casa Inspetorial, Uruguaiana. Talvez a cidade mais devota à Maria Auxiliadora situa-se em Bagé.

Quem quiser sair do comodismo e viver horas mais alegres, tornando-as mais produtivas, entre em contato com a União local com a Presidente atual Ivonete Cardoso Dorneles.

A devoção se torna mais intensa nas comemorações religiosas do mês mariano. Na matriz local, ao entrar vire à esquerda e aumente suas preces. O azul e rosa estão presentes nas vestes da Senhora. Essa imagem foi a primeira trazida pelas Irmãs Salesianas ao iniciar seus trabalhos educativos aqui em São Luiz Gonzaga.

No seu trabalho educativo D. Bosco sempre atribuía a Ela tudo que ocorria na sua messe: ‘Foi ELA que tudo fez’.

Gurias azul e rosa, presentes!

Entidades e empresas se mobilizam para promoção do Arroz Solidário

Estão em ritmo intenso os trabalhos de organização da primeira edição do Arroz Solidário. A programação ocorre no próximo dia…

Alunos do IERB criaram desenhos com mensagens de esperança aos atingidos pelas enchentes

Neste mês de maio, as professoras do Instituto Estadual Rui Barbosa, Gisele Silva De Oliveira Guedes e Viviane Siqueira Alves,…

Rock solidário nesta sexta-feira, no Atlanta

Nesta sexta-feira, 24 de maio, junto ao Atlanta Boliche Bar em São Luiz Gonzaga, será realizada a noite do Rock…