Intervenção dos bens e serviços do HSLG pela Prefeitura de São Luiz Gonzaga será mantida por até 24 meses

  • 10 de novembro de 2023
Tema pautou reunião realizada na quinta-feira, a qual contou com a presença de sócios da Sociedade Hospitalar São Luiz (5)

Na noite de quinta-feira (9), a Prefeitura de São Luiz Gonzaga realizou uma nova reunião com os sócios remanescentes da Sociedade Hospitalar São Luiz. O encontro, ocorrido no plenário da Câmara de Vereadores, tinha como principal objetivo apresentar o relatório final da Comissão de Transição da Requisição dos Bens e Serviços do Hospital São Luiz Gonzaga (HSLG).

 

Coordenada pelo prefeito, Sidney Brondani, a reunião deu continuidade aos trabalhos iniciados no ano passado para verificar a legalidade da atual intervenção do HSLG pelo município. A Comissão de Transição da Requisição dos Bens e Serviços do Hospital São Luiz Gonzaga – composta pelo Poder Público, representantes da Sociedade Hospitalar São Luiz, HSLG, entidades e instituições do município – tinha como objetivo a elaboração de relatório com sugestões para melhorar a receita do hospital e apresentar as melhores opções para o futuro da casa de saúde. Além da participação dos sócios e de autoridades, a reunião também contou com a presença do promotor de justiça Sandro Marones, o qual atua na Promotoria Especializada. 

Após manifestações do Executivo Municipal, sócios e autoridades, foi definido que a intervenção do município no HSLG será mantida por até 24 meses, com um administrador indicado pela Prefeitura Municipal. Nesse período, será desenvolvido um cronograma de trabalho pela Sociedade Hospitalar São Luiz a fim de viabilizar o fim da intervenção. O primeiro passo será a indicação de sócios para efetuar a revisão estatutária da sociedade, o que possibilitará excluir e admitir novos integrantes. Após a revisão, uma diretoria será formada e atuará junto com o interventor do HSLG para se familiarizar com a situação do nosocômio. Como o hospital atende a população regional, um representante do Consórcio Intermunicipal de Saúde (COIS) também participará dos trabalhos. 

O prefeito Sidney Brondani ressaltou o trabalho desenvolvido pela comissão de transição. “Hoje a situação do HSLG não é a mesma de 22 anos atrás, quando ocorreu a intervenção. Por exemplo, a dívida, que era de aproximadamente R$ 35 milhões, está em R$ 6 milhões. Como a situação mudou, a atual intervenção precisa ser revista, lembrando que o HSLG ainda é uma instituição privada. Agradeço a comissão de transição, que realizou um minucioso trabalho nesse quase um ano de estudos e reuniões. Também agradeço a participação do promotor, doutor Sandro Marones, que trouxe observações muito pertinentes sobre a situação. Vamos seguir trabalhando de forma conjunta, com calma, embasamento legal, buscando a manutenção dos atendimentos do nosso hospital”. 

Na quinta-feira, 16 de novembro, a Prefeitura de São Luiz Gonzaga publicará um decreto nomeando os sócios indicados para efetuar a revisão do estatuto da Sociedade Hospitalar São Luiz. Uma síntese do relatório desenvolvido pela Comissão de Transição da Requisição dos Bens e Serviços do Hospital São Luiz Gonzaga está disponível no link https://shre.ink/TKbB.   

 

Larissa Dorneles / Assessoria de Imprensa da Prefeitura de São Luiz Gonzaga   

Salusa vai convocar assembleia geral para votar encerramento de atividades

A Salusa Participações S/A encerrou seu ciclo. Depois de duas décadas apoiando o desenvolvimento dos pequenos negócios em São Luiz…

Municípios buscam soluções para agropecuária em congresso da Famurs

O agro gaúcho foi tema na quarta-feira (17/07) no congresso anual da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande…

AGSL MB busca vitória fora de casa contra o Soberano em meio a desfalques

A AGSL MB se prepara para enfrentar o Soberano neste sábado, 20, em busca de manter seu aproveitamento de 100%…