O centenário da independência do Brasil em São Luiz Gonzaga: a festa

  • 13 de outubro de 2023

Lauro Machado de Oliveira

Professor licenciado em História, é Especialista em Metodologia do Ensino de História e Geografia, Vice-presidente do Instituto Histórico e Geográfico de São Luiz Gonzaga e membro do Grupo de Pesquisa do Centro de Documentação e Memória do IHGSLG.

 

O centenário da independência do Brasil foi comemorado com uma grande festa na cidade de São Luiz Gonzaga, situada na Região das Missões, no Estado do Rio Grande do Sul. Essa cidade foi fundada pelo Padre Miguel Fernandes em 1687, como uma das sete Missões Guaraníticas, que hoje estão localizadas em território brasileiro. Territorialmente, pertenceu aos municípios de Rio Pardo, Cruz Alta, São Borja e, por fim, Santo Ângelo, da qual se desmembrou no ano de 1880, quando passou à categoria de Vila, o que a tornou um território com administração municipal própria. No ano em que foi comemorado o centenário da proclamação da independência, o Brasil já era uma República há 32 anos e 10 meses.

No dia dessa comemoração, ocorreu uma grande festa com churrasco para a população do município, quando foi abatido um grande número de animais bovinos, ovinos e suínos. Essa festa teve o envolvimento de grande parte da sociedade são-luizense, de doadores dos animais, além dos trabalhadores na preparação do churrasco e das demais tarefas.

Pelos números, acreditamos que a festa foi planejada para concretização em dois momentos. Uma dessas festividades era pública, aberta à população, com o fornecimento de churrasco, pão, galeto e leitões, provavelmente no almoço do dia 7 de setembro. Naquele momento também houve jogos e diversões públicas, tais como carreiras de cavalos e outras formas de confraternização.

À noite, houve um baile no Clube Harmonia destinado aos integrantes da sociedade com maior poder econômico, e cujas despesas eram pagas pelos frequentadores. Pelas notas de pagamento da festa, dá para concluir ou supor que foi um importante momento social. Foram confeccionadas novas bandeiras, houve muito gasto com fogos de artifício, bandas de música, comidas diversas, doces e muitas bebidas tais como cerveja, vinho, conhaque e outras.

Nota-se, portanto, que a população local festejou com muita alegria e orgulho o Centenário da Independência do Brasil. No bicentenário da data não houve tanta ênfase, exceto pelo IHGSLG que providenciou uma exposição pública de painéis que contaram os fatos e mostraram os personagens mais relevantes do processo da independência.

 

 

 

Entidades e empresas se mobilizam para promoção do Arroz Solidário

Estão em ritmo intenso os trabalhos de organização da primeira edição do Arroz Solidário. A programação ocorre no próximo dia…

Alunos do IERB criaram desenhos com mensagens de esperança aos atingidos pelas enchentes

Neste mês de maio, as professoras do Instituto Estadual Rui Barbosa, Gisele Silva De Oliveira Guedes e Viviane Siqueira Alves,…

Rock solidário nesta sexta-feira, no Atlanta

Nesta sexta-feira, 24 de maio, junto ao Atlanta Boliche Bar em São Luiz Gonzaga, será realizada a noite do Rock…