One Hit Wonders: as maravilhas de uma música só

  • 23 de fevereiro de 2024
49b9e7fb-f2e4-4a6d-b877-e1186abe1755

O termo One Hit Wonders surgiu nos anos 80 para definir aqueles artistas que estouraram com alguma música na grande mídia, e depois sumiram ou simplesmente nunca mais conseguiram emplacar outra canção de sucesso. Certamente em algum momento vamos ouvir algum desses sucessos solitários e não lembrar de quem é a música, ou se o artista está na ativa ou não.

Isso era muito comum nos anos 80, com a exposição nas rádios e programas na TV, MTV e para alavancagem de venda de discos, havia aquela necessidade de produzir alguma música de sucesso, e muitos novos artistas surgiam.

Até hoje ainda há essa prática de tentar “fabricar” sucessos, e muitos acabam só emplacando uma música e depois não conseguem repetir. Ainda mais com a velocidade em que as coisas andam hoje, como exposição em redes como o Tik Tok, em que alguém pode viralizar de uma hora para outra, mas logo terá um novo “trend” para substituí-lo muito rapidamente.

O “Caneta Azul” será que podemos considerar um One Hit Wonder? E outros “sucessos” como “Lepo Lepo” e “Que Tiro Foi Esse”? Realmente, agora temos o agravante da queda vertiginosa de qualidade, pois as maravilhas de um sucesso só de outrora produziram músicas de qualidade, e mesmo as duvidosas eram melhores que muitas de hoje!

Voltando aos anos 80, quando surgiu o termo, e nos anos 90, podemos encontrar no Rock, Pop e estilos mais regionais no Brasil alguns exemplos, como “Menina Veneno” (Ritchie),  “Kátia Flávia” (Fausto Fawcett), “Amante Profissional (Herva Doce), “Carta aos Missionários” (Uns e Outros), “Só no Sapatinho” (Só no Sapatinho – se não me engano, mudaram até o nome do grupo por causa do sucesso, único, da música), “A Cera” (O Surto), Vanessa Rangel (Palpite).

E nos anos 2000, quem lembra da Luka? Aquela do “Tô Nem Aí”. O Los Hermanos com “Anna Júlia”, “Os Seis Mané” (Uns Kamaradas – quem eram esses manés!!?), “Ai se Eu te Pego” (Michel Teló. Apesar do Teló tentar rechaçar o rótulo, é só conferir quantas execuções tem essa música e as outras dele), “Clima de Rodeio” (Dallas Company, só para citar um dos tantos sertanejos que brotam e somem).

Existem até rankings de melhores One Hit Wonders da história, e que faturaram milhões com as canções, onde aparecem grupos como Survivor, com a “Eye of The Tiger”, banda que tem outras boas canções, mas esse hit possui um número absurdo de execuções com relação às demais do grupo. E nessa lista dos grandes One Hit Wonders mundiais, temos ainda Sinéad O’connor com “Nothing Compares To You”; Bobby McFerryn, com “Don’t Worry, Be Happy”; Sir Mix-a-Lot, com “Baby Go Back”; e lembra do Psy? com “Gangnam Style” ele faturou mais de 60 milhões de dólares! E fez sucesso inclusive com a criançada.

São centenas de maravilhas de um sucesso só, que fizeram e fazem muita gente cantar, rir ou dançar. E certamente todos temos algum desses hits nas nossas favoritas ou que trazem alguma lembrança. Um dos meus One Hit Wonder favoritos é “I Just Died in Your Arms Tonight” (Cutting Crew). Qual a sua?

Entidades e empresas se mobilizam para promoção do Arroz Solidário

Estão em ritmo intenso os trabalhos de organização da primeira edição do Arroz Solidário. A programação ocorre no próximo dia…

Alunos do IERB criaram desenhos com mensagens de esperança aos atingidos pelas enchentes

Neste mês de maio, as professoras do Instituto Estadual Rui Barbosa, Gisele Silva De Oliveira Guedes e Viviane Siqueira Alves,…

Rock solidário nesta sexta-feira, no Atlanta

Nesta sexta-feira, 24 de maio, junto ao Atlanta Boliche Bar em São Luiz Gonzaga, será realizada a noite do Rock…