Quem está a te influenciar?

  • 25 de setembro de 2023

No tumulto de nossas vidas, é fácil esquecer que somos como esponjas, absorvendo as experiências e influências que nos cercam. Essa verdade fundamental se manifesta de maneira mais notável no reflexo de nossos valores, comportamentos e perspectivas, e se traduz em uma máxima digna de reflexão: somos, de fato, o fruto das pessoas com as quais convivemos.

A influência das relações interpessoais transcende o âmbito biológico. Não somos apenas os descendentes de nossos pais, mas também herdeiros das conversas, das risadas, das lágrimas e das experiências compartilhadas com amigos, colegas e familiares. As pessoas ao nosso redor, sejam elas próximas ou distantes, moldam nosso caráter e ajudam a definir quem somos.

Desde tenra idade, somos ensinados a distinguir o certo do errado. Os primeiros professores de moral e ética são os adultos que nos rodeiam. Observamos suas ações e reações, absorvendo suas visões de mundo como uma esponja que suga água. Quando crescemos, essas lições tornam-se os alicerces de nossa própria ética.

Nossas amizades são um espelho de nossa própria identidade. Escolhemos amigos com base em interesses, valores e objetivos compartilhados. Inevitavelmente, os valores e perspectivas dessas amizades se infiltram em nossas vidas. Se cercarmos a nós mesmos com indivíduos que valorizam a empatia e a compaixão, é provável que desenvolvamos essas virtudes. Por outro lado, se estivermos em companhia de pessoas cujas prioridades são o egoísmo e a ganância, esses traços também podem se tornar parte de nossa própria personalidade.

Nos locais de trabalho, a influência dos colegas e superiores também é evidente. A cultura organizacional, os valores da empresa e as dinâmicas interpessoais contribuem para a forma como abordamos nossas carreiras e nossas vidas. Aqueles que têm mentores inspiradores e colegas solidários muitas vezes prosperam, enquanto aqueles que enfrentam um ambiente tóxico podem ser afetados negativamente em todos os aspectos de suas vidas.

Além das relações pessoais, a influência das pessoas com as quais convivemos também se manifesta na maneira como percebemos o mundo. A exposição a diferentes culturas, perspectivas e opiniões alarga nossos horizontes e nos ensina a apreciar a diversidade. Aqueles que têm a oportunidade de interagir com pessoas de diferentes origens são frequentemente mais tolerantes e abertos a novas ideias.

No entanto, devemos lembrar que somos mais do que apenas os produtos de nossas interações sociais. Embora sejamos influenciados por aqueles que nos cercam, também temos a capacidade de escolher conscientemente os valores e as crenças que desejamos adotar. Podemos questionar, refletir e tomar decisões informadas sobre quem queremos ser.

Em última análise, somos seres sociais e nossa identidade é moldada por meio de interações com os outros. No entanto, devemos lembrar que somos agentes ativos em nossa própria formação. Podemos escolher cercar-nos de pessoas que nos inspirem e nos fortaleçam, e podemos buscar experiências que enriqueçam nossas vidas. Somos, sim, o fruto das pessoas que convivemos, mas também somos capazes de moldar a árvore que nos produz. Quem está a te influenciar?

Entidades e empresas se mobilizam para promoção do Arroz Solidário

Estão em ritmo intenso os trabalhos de organização da primeira edição do Arroz Solidário. A programação ocorre no próximo dia…

Alunos do IERB criaram desenhos com mensagens de esperança aos atingidos pelas enchentes

Neste mês de maio, as professoras do Instituto Estadual Rui Barbosa, Gisele Silva De Oliveira Guedes e Viviane Siqueira Alves,…

Rock solidário nesta sexta-feira, no Atlanta

Nesta sexta-feira, 24 de maio, junto ao Atlanta Boliche Bar em São Luiz Gonzaga, será realizada a noite do Rock…