São Luiz Gonzaga, no passado, fez história no Carnaval

  • 9 de fevereiro de 2024

O carnaval realizado em São Luiz Gonzaga na década de 1930 foi marcado por grande rivalidade. Os blocos carnavalescos tinham carros alegóricos, grupos com fantasias exclusivas, sede própria e só se revelava quando desfilava nas ruas de nossa cidade. A disputa era intensa, dominando a cidade por um clima de festa e diversão.

Na década de 1940 o carnaval continuava animado, como revela a foto que ilustra esta “memória”: blocos enormes de casais, abriam espaço para a juventude fazer o mesmo.

Os desfiles carnavalescos repercutiram mais adiante, quando o Clube Harmonia, na época presidido pelo prof. Luiz Antônio (Lizoca) Sommer Prates e a Piscina Clube Pinguim tinha o comando de Arnaldo Vátimo Frota, na época o exator estadual aqui sediado.

Mas o grande momento da juventude foi o carnaval na Rua 13 de Maio, quadra situada entre a Rua Venâncio Aires e a Avenida Senador Pinheiro Machado. A gurizada se instalava ali, onde se preparavam com comida e bebidas para os bailes no Clube Harmonia e União Operária. O Aero Clube, que tinha seu salão de festas no andar superior da sede da Associação Rural (atual Câmara de Vereadores), também marcou época, com bailes incríveis e uma enorme sacada (que não existe mais), onde o namoro ali iniciado teve sequência com vários casamentos.

A Prefeitura promoveu o carnaval popular, com bailes públicos na Praça da Matriz, que teve sequência com desfiles cuja continuidade se limitou apenas a alguns anos.

A Rádio São Luiz tinha um bloco, tendo à frente o diretor Elias Possapp, que percorria a cidade animando a população a divertir-se no carnaval.

Enfim, existia muita participação. Exatamente o que não ocorre agora. Ninguém se propôs a motivar a população para a festa carnavalesca. Sem festa aqui, quem pode vai se divertir na praia e em outras cidades. De qualquer forma tem a televisão, para ver os desfile no Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador e outras cidades do nordeste. Por aqui teremos, em vez do carnaval, um silêncio que só terminará depois dos festejos de Momo. É o preço que pagamos por falta de iniciativas.

Entidades e empresas se mobilizam para promoção do Arroz Solidário

Estão em ritmo intenso os trabalhos de organização da primeira edição do Arroz Solidário. A programação ocorre no próximo dia…

Alunos do IERB criaram desenhos com mensagens de esperança aos atingidos pelas enchentes

Neste mês de maio, as professoras do Instituto Estadual Rui Barbosa, Gisele Silva De Oliveira Guedes e Viviane Siqueira Alves,…

Rock solidário nesta sexta-feira, no Atlanta

Nesta sexta-feira, 24 de maio, junto ao Atlanta Boliche Bar em São Luiz Gonzaga, será realizada a noite do Rock…