Temporal, discurso escrito, Amazonas e professores

  • 21 de outubro de 2023

Temporal


A cidade foi abalada por temporal – chuva e ventos – na noite de segunda-feira e madrugada do dia seguinte. Foi assustador. As luzes da cidade se apagaram e se ouvia o som dos ventos, marcando sua passagem com os danos que causava, como queda de árvores e postes do sistema de eletricidade da cidade. A Praça da Matriz sofreu com a perda de muitas árvores e, em frente à Secretaria Municipal de Educação, os ventos formaram um furacão, capaz de quebrar um poste pelo meio, entre outros danos incríveis.

Várias ruas se tornaram depósitos de galhos e árvores inteiras, que caíram no meio da rua, levando junto a fiação da rede elétrica. Faltou eletricidade na cidade, mas a RGE conseguiu religar os pontos de fratura na rede. Testemunhei na quadra onde resido, na escuridão da noite, um funcionário da RGE, com poderosa lanterna nas mãos que, focada em cada poste, examinava as condições de funcionamento do sistema. Parte da quadra teve o sistema elétrico desligado, mas consertado no início da manhã seguinte, por uma equipe da RGE. A população da cidade constatou que a concessionária de energia elétrica, graças à ótima infraestrutura da rede existente na cidade, sofreu apenas danos mínimos. Assim. essa empresa revelou seu alto nível de competência e responsabilidade.

No dia seguinte, terça-feira, a cidade úmida, com a Prefeitura empenhada na limpeza. Vimos que as empresas de entrega de produtos ao comércio local estavam trabalhando normalmente, embora a existência de bons motivos para dar continuidade à sua atividade somente depois que o sol voltasse. Em veículos de vários portes, as mercadorias estavam chegando ao comércio, em caminhões com carrocerias fechadas ou simplesmente com lonas, mesmo quando a chuva dava retomadas. Foi assim, com pessoas dando esse exemplo, que a cidade se refez para retomar suas rotinas e também fazer a sua parte na construção do nosso dia-a-dia. Também é preciso acrescentar a ação do Setor de Obras da Prefeitura, atuante na limpeza da cidade e especialmente na recuperação de espaços públicos atingidos pelo vendaval.

Como reagir


A população já deve estar consciente de que essas ocorrências climáticas estão nos conduzindo a situações cada vez mais difíceis. Mas não estamos sendo instruídos sobre o que cabe a cada um para consertar o clima. O governo e a sociedade devem agir em conjunto. É bom lembrar que os problemas vão além da regularização do clima. Temos agora duas guerras que precisam ser resolvidas, a mantida pela Rússia dentro da Ucrânia, um país que já está em ruínas e a guerra de Israel contra um grupo terrorista conhecido por Hamas, instalado na Palestina. Tudo que o mundo gasta para manter guerras ativas, é à custa do que deixa de ser oferecido ao bem estar da população global.

Discurso escrito


Terça-feira, dia 17, um hospital da Faixa de Gaza, na Palestina, construído pela Igreja Anglicana, no ano de 1968,  foi alvo de ataque aéreo que causou a morte de centenas de pessoas, entre pacientes, funcionários e médicos. Israel informou que não é o autor desse massacre e o mesmo fez o Grupo Hamas, grupo terrorista que iniciou essa guerra, ao prender e matar jovens israelenses que curtiam uma festa, no sábado passado. O bombardeio no Hospital deu novo rumo à guerra. O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, já estava viajando para encontros com autoridades de Israel, da Autoridade Palestina e vários países árabes. O primeiro ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, precavido, ao saudar o presidente dos EEUU, o fez através de texto escrito, para que o dito não fosse além do necessário. As audiências com palestinos e árabes foram canceladas, com o ataque aéreo ao hospital.

Amazonas


Este ano, em relação ao ano passado, a redução no território ocupado por cursos d’água, no Amazonas, foi em torno de um milhão de hectares. São números que mudam a influência dos fatores que darão novo formato ao clima em nosso País.

Professores


Dentro de 17 anos, vai faltar professores no Rio Grande do Sul. Os motivos: salários baixos e o encerramento de atividades de cursos universitários dirigidos aos professores, por falta de alunos. Talvez, a divulgação dessa previsão, possa estimular o governo a recuperar os fatores que tornavam a carreira no magistério disputada em concursos públicos muito exigentes e disputados.

 

Edição inédita do programa Corsan Negocia incentiva regularização de clientes inativos

Agentes da Corsan irão visitar, a partir da próxima segunda-feira, 3, os imóveis que estão com matrículas inativas ou suspensas…

Emissão de carteira de identidade é retomada em São Luiz Gonzaga

Voltou a funcionar na terça-feira, dia 28, o serviço de emissão de carteira de identidade no posto de identificação do…

Município adquire 50 toneladas de asfalto para recuperar ruas

A Secretaria de Obras de São Luiz Gonzaga aguarda apenas o tempo firmar para iniciar uma nova operação de recuperação…